Palavras Lyrics

Estraca Lyrics

You are viewing Palavras Lyrics - Estraca

Palavras song lyrics are written by Estraca

Complete information about Palavras lyrics

Selected song name: Palavras
Singer Name: Estraca
Lyrics written by: Estraca

You can see all the lyrics of Estraca songs at rare-lyrics.com








Palavras escritas são ditas
Conquistas, lidas, previstas
Conversas, vistas que evitas
Conversas, sábias tu citas
Dicas, e dicas tão ricas
Tu riscas e ficas não picas
Verdade eu choro quando vejo
Concertos d'outros artistas
Não achas estranho?
Eu apanho, entranho-me, mas abstenho
Aposto que sentias o mesmo
Se viesses de onde eu venho
Queres um desenho
Eu não desdenho, restenho, mantenho empenho
Em ter nada como eu tinha
E o ter tanto como eu... tenho
97, vinte anos
Faz um check
'Sam' três albúns na rua
E eu ainda de babete, men
Eu tou na luta
Sem modinhas e manchete
Mãe limpezas
Pai na obra
E eu a querer viver do rap
Acreditei, sonhei eu sei que dei
E a**im pensei
Sai do bairro fui pro mundo
Com as palavras eu rimei
5 países diferentes
Vários palcos que eu pisei
Com 20 anos eu digo-te isto
Então com 30 o que eu direi?




Tudo é real, surreal
Normal, igual, teatral
Sem guita eu pa**o
Sem pa**e na praça judicial
Rendido à vida ilegal
Pa**ando o pa**o final
Entre a porta do sucesso
E a porta do tribunal
Sumidas fridas, aparecidas
E os meus olhos, lidas
Palavras feitas de silêncio
Que nunca serão ouvidas
Sentidas, temidas, idas
Entradas foram saídas
Hoje em dia
Eu prova viva
Que o hip-hop salva vidas
Duvidas, da realidade
A verdade que invade e há-de
Levar-te com claredidade
A**im da-te a totalidade
Sem prespectiva que agrade
Nos tempos de tempestade
Minha rima é arma cega
Nesta voz da atualidade
Ta lido, relido, ruído, regido, regrido, sentido , perdido, perigo
Punido de ouvido, valido, divido, surtido, fingido, vendido
Abanas a cabeça mas cagas naquilo que eu digo
Alguém quer
Alguém vem
Alguém quem? Ninguém
Sem respeito por vocês
Respeito é pra quem tem
Tu refém no movimento
E porém, convém, mantém
Conquistando o meu terreno
Com as armas em armazém
Caminhos incorretos, incertos, cobertos, abertos, secretos, afetos, trajetos, concretos, diretos
São projetos incompletos
Remexendo os inquietos
O meu som não está na rádio
Mas está nos ouvidos certos
Longa trajetória, notória mas provisória
Fazem pra bater na hora
Eu faço pra ficar na história
Podem guardar a vitória, glória, preparatória
Mas não ficam sem pa**ar
Pela fase obrigatória
O tempo a força e luta
Escuta, chuta, bruta, fruta
Rimar em beats do Kutz
Sem pa**agem na recruta
Rima culta, desculpa
Sem culpa, desfruta a disputa
Sou jovem com 20 anos
Com rimas em fase a****a